SEGUIDORES

domingo, 5 de junho de 2011

MARCOS DE ROS...VALE A PENA REPRISAR..*****

É com satisafação, que este blogueiro, tem a honra de postar, um pouco de Marcos de Ros.
Ainda mais, por ter parentes em Caxias do Sul, cidade que gostei muito, e onde tomei um dos melhores vinhos de minha vida. Já ouvi o Marcos em vários sites, e afirmo que esse gaúcho e seu irmão, fizeram bem em não comprar o pão e leite, como ele conta abaixo. Bem vindo Marco! *****

Olá amigos leitores do Blog do Juma!

Meu nome é Marcos De Ros, sou guitarrista de Caxias do Sul e foi com grande prazer que recebi o convite para contar um pouco da minha carreira para vocês.
Comecei há trinta anos (whoaaa!! tô ficando velho, hehehe!), culpa do meu irmão! Ele saiu de casa com o dinheiro para comprar pão e leite, daí ele juntou essa grana com umas economias que ele tinha e, ao invés do pão e leite, ele voltou com um vinil do AC-DC, o "High Voltage". Se ele apanhou, eu nem lembro, mas lembro que quando eu ouvi aquela música, descobri que era isso que eu queria fazer!


Então, minha primeira influência foi o Angus Young. Depois surgiram o Jimi Hendrix, o Randy Rhoads, o Eddie Van Halen, nessa ordem. Depois disso, entrei de cabeça no mundo da técnica e da música erudita! Nessa época, ao mesmo tempo em que descobria Chopin, Bach, Paganini, Mozart e outros monstros sagrados (e já fazia minhas primeiras aulas de violino), descobri o John McLaughlin, Yngwie Malmsteen, Vinnie Moore, Al Di Meola, Paul Gilbert, Steve Vai entre vários outros, e aí o estrago foi grande, hehehe!
 
   
Ainda toquei por alguns anos na orquestra sinfônica de Caxias do Sul, mas depois guardei meu violino dentro de um armário e nunca mais ouvi falar dele... Pois o tempo era de me dedicar a apenas um instrumento!


A partir dessa decisão, gravei vários CDs, ou com a Banda “De Ros”, de rock instrumental, ou com o “Akashic” (prog-metal) ou ainda os CDs “Masterpieces”, onde interpreto, na guitarra elétrica, a música dos grandes mestres eruditos -Bach, Vivaldi, Mozart & companhia...




Bom, chega do passado! Agora estou divulgando meu novo trabalho, o CD e DVD “Peças de Bravura”, projeto aprovado pela lei de incentivo “Fundoprocultura”, de Caxias do Sul.

O “Peças de Bravura” é o encontro de dois amigos: Na guitarra, Marcos De Ros e no piano, Éder Bergozza.
As músicas são composições inéditas que levam a marca do erudito e do virtuosismo, mas também são cheias de referências Brasileiras, como choro, baião, samba e milonga, entre outras.
Um ponto de destaque fica por conta dos malabarismos musicais que as composições exigem dos interpretes, que tocam praticamente no limite de sua técnica e musicalidade.
Um espetáculo que resgata a “Ars gratia artis” (arte pela arte), no qual a música, com uma orquestração simplificada, quase minimalista, num diálogo de apenas dois instrumentos, consegue captar e transmitir emoções, numa troca quase frenética de energia entre os instrumentistas e sua platéia.
Para quem ficou curioso, aqui vão alguns links desse show:
 Paganiniana:

O Vento Encanado:

Dona Rú (Chorinho de Máira)

Queria aproveitar para agradecer ao “Blog do Juma” por dar esse espaço para artistas que estão buscando o seu espaço ainda mais nessa época em que já quase não há apoio de gravadoras e a grande mídia ainda está presa a fórmulas desgastadas, ou seja, tá feia a coisa, hehehe!!

Valeu gente e para quem quiser saber mais, www.deros.com.br e se liguem no meu canal do YouTube: http://www.youtube.com/user/marcosderos que tem mais de 100 vídeos!!
 Abraço,
 De Ros
Valeu a oportunidade!