SEGUIDORES

segunda-feira, 6 de junho de 2011

LINDÍSSIMA HOMENAGEM À RADIO ROCK DO JUMA !

 A Rádio Rock do Juma não tem palavras para agradecer à amiga Elsa, tamanha é a beleza de seu texto. Resta-nos, de coração somente dizer: MUITO OBRIGADO !
O rock nasceu, por uma dessas coincidências, junto com a geração de mourãoenses filhos dos pioneiros,
a primeira safra de paranaenses desta terra vermelha e profícua.
Filhos de gente que trouxe em cada sotaque a cadência do convívio entre diferentes, e que igualou a todos
no amor ao progresso e à construção de um futuro tão largo quanto os horizontes dos quatro lados do planalto.

E a terra vermelha misturada aos acordes do rock forjaram um apaixonado Durski, que se fez homem pelo amor à terra e pela paixão pela música.
Se estudava os ciclos da terra e da vida que brota dela, também se encantava pela música e pelos sons que
reuniam idéias, ideais, almas e sonhos. Assim, enquanto o tempero polonês se abrasileirava, o rock invadia o
estilo e a linguagem desse João que virou Juma, e nessa viagem ele permanece até hoje, nas ondas virtuais.
A banda que reunia os "rapazes", que embalava os sonhos e planos da "juventude" para o século que ainda
estava longe, que agregava ideais, loucuras, mudanças e tudo o que estava sendo incubado enquanto as
mentes se preparavam para a liberdade histórica, que começava a romper muitas fronteiras culturais e sociais.
Fuzztones, Fuzztolândia, boatinhas, bailes, festas de quinze anos, aulas noturnas... tudo fervilhava na cidade
que viveu uma era de inédita criatividade e que produziu laços de amizade que agora ignoram o tempo e os estilos.

Vivendo apaixonadamente, Juma plantou, cultivou e colheu, mas enfim, decidido, fincou raízes na terra natal e
de lá viaja teclando e conectando amigos que permaneceram plugados na magia da linguagem mais universal
deste planeta: a música.
Rádio Rock do Juma, primeiro lugar conquistado pelos amigos que foram se entrelaçando nas ondas virtuais,
reencontrando e revisitando uns aos outros, trocando impressões, trocando receitas e fotos, com carinho e alegria.

Juma, o rock floresceu, mudou, se multiplicou - mas você foi além, evoluiu com o rock e aproximou não só a
geração original daquele início, mas também as que foram chegando e pegando carona na rede de amigos que
tem na net um point infalível, via Facebook ou via Radio Rock do Juma, fazendo um grande encontro de queridos
amigos.
O seu primeiro lugar é merecido e tem que ser comemorado, mas a torcida e a união da galera toda já havia
garantido sua vitória pela garra e pela marca que ficou registrada na net: otimismo, união, musicalidade e alegria
nas mensagens diárias e nas ondas do rock, eterno como o espírito que reúne a todos os que mesmo longe, nunca
se separam, atraídos pela batida insistente e marcada do coração mourãense - cadenciada como o rock.
ELSA LUIZA QUANDT