SEGUIDORES

quinta-feira, 12 de abril de 2012

MELISSA MEL .....THE ROLLING STONES *****


Oi. Estou aqui novamente , mas agora pra falar  de nada mais nada menos  do que THE  ROLLING STONES.
Tudo começou em 1960, quando os dois amigos de infância, Mick e Keith, se reencontraram e descobriram um interesse em comum por blues  e rock and rock ‘n roll. Foram convidados pelo guitarrista Brian Jones em 1962  a montar a definitiva banda de R&B  brancue se chamaria The Rolling Stones.
    Melissa Mel

O primeiro álbum, chamado simplesmente The Rolling Stones, saiu em abril de1964 contendo apenas uma composição de Jagger e Richards. Apenas comTell Me (You're Coming Back), lançado em junho de 1964, é que uma composição da dupla seria lançada como lado A de um compacto.. É em 1965 que a banda lança seu maior hit em todos os tempos, (I Can't Get No) Satisfaction.
O flerte com o rock  psicodélico   teria seu ápice com Their Satanic Majestic Requestde 1967. Foi aí então que  surgiu uma das músicas de grande sucesso e responsável pelas acusações de satanismo sofridas pela banda : Sympathy for  the Devil – Mick disse ter se inspirado num  centro de candomblé que conheceu na Bahia  
numa de suas passagens pelo Brasil.
Seguiram  até a década de 80  com shows gigantescos com duração de 3 horas , palcos móveis e desmontáveis e  toneladas de equipamento de luz e som. Mas  foi  no final de 1983 em  meio a especulações da mídia de possível separação da banda, que os Stones lançam o álbum Undercover, e, alimentando ainda mais estes rumores, a banda não sai em turnê e tampouco os músicos se pronunciam a respeito, cada um elaborando trabalhos individuais e não sendo vistos juntos em nenhuma ocasião.
Em 1985, Ian Stewart, pianista, gerente de palco e um dos fundadores da banda, acompanhando em todos os álbuns e shows, morre em  em virtude de um ataque cardíaco. Tido como o sexto Stone, é homenageado com uma faixa no álbum da banda de 1986, Dirty Work,
O relacionamento entre os membros restantes da banda não era dos melhores, com desentendimentos frequentes entre Jagger e Richards. Mick Jagger envereda em uma carreira solo gravando músicas dentro do estilo Rolling Stones e causa um desentendimento sério entre ele e seu sócio Keith Richards. Especulações sobre o fim da banda duram por seis anos, embora o clima ruim não impedisse que continuassem sendo lançados álbuns de repercussão cada vez maior. Jagger, Richards, Wood, Wyman e Watts lançaram vários álbuns solo durante a  década de 1980 e 1990.
      
Os Stones adentraram a década de 1990 com uma nova gravadora, a CBS. Os problemas pessoais foram colocados de lado e a banda se apresentou como nos velhos tempos, auxiliada pela habitual parafernália de palco tendo participação durante a turne,do Guns N' Roses,  que estava explodindo no cenário musical,como banda de abertura. Reflexo disso é o álbum Flashpoint de 1990  que traz os Stones de volta aos palcos depois de sete anos.
Para comemorar os 40 anos do grupo, em 2002 lançam o álbum duplo Forty Licks (1962-2002) que traz, além de 36 sucessos da banda, 4 novos hits (Don't Stop, Keys To Your Love, Stealing My Heart e Losing My Touch), sendo o primeiro uma espécie de resumo da perseverança característica da banda, atingindo bastante sucesso. Em 16 de agosto do mesmo ano com um show em Toronto (Canadá) os Stones lançam uma de suas maiores turnês - a Licks Tour (detalhe para a música Heart of Stone, não tocada ao vivo desde 5 de dezembro de1965). Esta longa turnê passou por todos os continentes do planeta, tendo sido encerrada em9 de novembro  de 2003 em Hong Kong.
Em  2004, quando todos  imaginavam o fim da banda devido a um câncer na garganta  do baterista Charles Watts,diagnosticado em junho de 2004 e curado em 2005, o incansável quarteto produz um dos seus melhores álbuns de estúdios de todos os tempos. Lançado em 2005 A Bigger Bang traz uma sonoridade crua e voltada às raízes da banda: rock and roll, blues e rhythm and blues, além das pegadas das guitarras da dupla Richards/Wood( tudo de bom) , bem como para a harmônica melodiosa de Jagger, as 16 fortes canções do álbum mostram a excelência e competência  deJagger/Richards/Watts/Wood.
Em 18 de fevereiro de 2006, os Rolling Stones voltaram ao Brasil para o show da turnê A Bigger Bang. O show, gratuito, foi realizado nas areias da praia de Copacabana , no Rio de Janeiro, para um público estimado em 1,5 milhão de pessoas, entrando para a história como o maior show da banda e um dos maiores concertos de rock de todos os tempos.
A seção destinada a eles no Salão da Fama os descreve como um dos principais candidatos ao título de "A Maior Banda de Rock do Mundo". Apenas os Beatles e o The Who receberam um tratamento similar no Salão da Fama.
E apesar da conturbada história de carreira , sem sombra de dúvidas  pessoal,  Rolling Stones  foi e ainda é uma das maiores bandas de Rock que  existe  até hoje. Eles conseguem agradar dos mais  velhos até a criançada de hoje , podem acreditar!!!
Até mais!