SEGUIDORES

domingo, 28 de agosto de 2011

FÁBRICA DA GIBSON SOB INVESTIGAÇÃO


Agentes da U.S. Fish and Wildlife – órgão estadunidense que equivale ao IBAMA no Brasil – devassaram a fábrica de guitarras da GIBSON no centro de Memphis na quarta-feira passada, alegando que a Gibson pode estar usando materiais ilegais para fabricar suas guitarras.
Os empregados foram conduzidos para fora da propriedade e não foram permitidos a conversarem com a mídia. Oficiais foram vistos carregando caixas de evidências em potencial para um caminhão no setor de carga e descarga, e os caminhões de entrega estavam sendo desviados.
O agente Especial Nick Chavez disse ao canal televisivo Channel 3 que a investigação era relacionada a madeiras ‘regulamentadas’, querendo dizer que as madeiras usadas são proibidas para a exportação em seus países de origem e também ilegais nos EUA.
Mandados também foram emitidos na filial da empresa em Nashville.
Em 2009, a fábrica da Gibson em Nashville foi revistada como parte de uma investigação sobre a fonte dos materiais, mas até agora, ninguém foi indiciado formalmente. Em junho desse ano, o Departamento de Justiça dos EUA abriu um caso afirmando que a fonte que a suposta fonte de ébano é Madagascar, onde a derrubada e exportação de ébano cru é proibida
Turistas como Howard Weinman chegaram para visitar o Museu da Guitarra da Gibson na quarta-feira, só para assistirem a agentes entrando e saindo. “Havia uma pequena placa dizendo, ‘A Gibson fechou’”, disse Weinman.