SEGUIDORES

terça-feira, 12 de julho de 2011

A FESTA COMEÇOU ! POR MARCO GONZALEZ

Recebemos o primeiro texto sobre o Dia Internacional do Rock, e agradecemos a participação......Obrigado Marcão! Longa vida à você !

Ainda lembro-me do álbum encostado na parede e da vitrola “Sharp” tocando Across The Universe dos Beatles do álbum Let. It Be de 1970, o tipo de música que mudaria minha forma de pensar e colocaria em ordem meus sentimentos com o poder de mil sessões de psicanálise.  Aos dez anos de idade veio à sensação que esse estilo musical causa nas pessoas, um leve desconforto de encontrar seu verdadeiro eu, e um alívio ao saber quem é você, e acaba por entender o que aquela sonoridade quer dizer, com suas frases e grunhidos de guitarra, o caminhar pulsante do contrabaixo, e o trovoar em ritmo cardíaco da bateria.
Começar a falar do rock n´roll com a frase mais clichê: “o bom e velho rock and roll” é uma verdadeira retórica banguela descabida, convenhamos que bom sempre seja, mais velho é insulto. Pensemos aguçando outros sentidos:
O rock tem o poder de despertar sensações e reações que desconhecemos, por exemplo, quem nunca escutou Sex pistols, Anarchy in the U.K. De 1977 do álbum Nevermind The Bollocks e não teve vontade de sair desafiando tudo e a todos ou Led Zeppelin Since I've Been Loving You do álbum III de 1970 e não sentiu vontade de agarrar e beijar com veemência aquela garota por quem você arrasta um caminhão ou Saturday Night's Alright for Fighting do Álbum Goodbye Yellow Brick Road de 1973 do Elton John e não saiu com uma vontade de cair na gandaia dançar e beber todas ou Seek & Destroy do álbum Kill'em All de 1983 do Metallica e não teve o impulso de socar a cara de seu chefe ou Jumpin' Jack Flash do albúm Get Yer Ya Ya's Out de 1970 dos Rolling Stones e não teve vontade de deixar o cabelo crescer e por ai existe uma vasta e infinita seleção de sons que se fosse catalogar iria durar uma eternidade, o rock n roll causa reações, mais do que isso tem o poder de movimentar gerações inteiras aguçando seus cinco sentidos e fazendo fluir seus sete pecados capitais mais implícitos na face humana, temos um infinito de sons que se misturam com imagens e não é só moda ou atitude é uma verdadeira terapia sonora que acalma liberta e nos faz refletir sobre este universo gigantesco de sensações. Esse é o verdadeiro rock n´ roll. Comemoremos o dia Internacional do Rock!

Marco Gonzalez