SEGUIDORES

sexta-feira, 27 de maio de 2011

LEONI MACOWSKI......MINHA MULHER..*****

Em 1970 caminhava eu, em frente a Prefeitura de Campo Mourão. Vi um fusca descendo, e uma mulher ao volante. Trocamos olhares...foi um olhar profundo.
Pronto! Nunca mais conseguimos ficar separados. Eu havia conhecido quem viria a ser minha mulher: Leoni Macowski.
Namoramos anos, pois eu precisava concluir a faculdade de agronomia.
Lembro que a Leoni era exímia motorista. Brincávamos de esconde-esconde com nossos carros, e ela, fazia manobras de invejar muitos homens.
Levei meses prá conseguir beijar a Leoni. Isso me incomodava na época, mas hoje fico feliz, tamanha era a pureza e timidez dela.
Enfim, casamos.Fomos morar em São Miguel do Iguaçú, onde eu era agrônomo do Bradesco.

                                 
Leoni, em casa, não parava um minuto.Bordava, fazia pátinas, pintava lindos quadros, cozinhava divinamente. Enfim, onde ela colocava as mãos para fazer algo, simplesmente ficava perfeito.
Acho que Deus quando a fez, caprichou mais que o normal, pois desconheço alguém com tanta arte e habilidades.

                               
E, veio nossa primeira filha: Vanina!
Senti um pouco a ausência da Leoni após a chegada da Van. Leoni dedicava-se o tempo todo à criar nossa filha, com dignidade,retidão, e disciplina.
O mesmo foi quando chegou a Lorine, nossa caçula, que hoje mora em Washington.
Obviamente fiz minha parte. Ensinei o que pude, orientei o melhor possível minhas filhas. Todas as noites, deitava-me ao chão, entre suas camas, e rezávamos os Salmos de Davi.Sempre fizemos isso.Quando nos despedimos da Leoni,eu e minhas filhas recitamos um salmo: "O Senhor é meu pastor, e nada me faltará. Ele me conduz aos prados verdejantes e às águas tranquilas"

                                    
E a vida foi seguindo seu curso.
Mas, acredito que Deus arrependeu-se de enviar a Leoni à nós.
Chamou de volta sua mais bela estrela, tamanha eram suas qualidades no todo. Foi perfeita como esposa, como mulher, como mãe.

                                        
Mas ainda estamos aqui, a Vanina, a Lorine, eu, e nosso cocker Pancho.
Somos felizes apesar das lembranças!

      
                                     
E, sempre nos motivamos falando:  "Always in fight"- Sempre na Luta!!!!

                           Pintura abaixo, da Leoni...