SEGUIDORES

quarta-feira, 6 de abril de 2011

BLACK SABBATH...POR PATTY AGUILAR*****

                                 Primeira Parte.
 
Black Sabbath foi formada em 1968 na Inglaterra. (Birmingham).
Sua formação original era composta por Ozzy Ousborne, Tony Iommy, Geezer Butler, e Bill Ward.
Houve inúmeras formções na banda, mas Iommi foi o único a permanecer.
Black Sabbath é considerada uma banda pioneira de heavy metal, ao lado de Deep Purple  e  U.F.O.
A música do Sabbath a princípio tinha características semelhantes, mas com o tempo a banda investiu em um som mais pesado e com temáticas mais obscuras, com referências explícitas a demonios e temas envolvendo ocultismo que era uma novidade e uma polêmica nessa época.
Este tipo de proposta levou a banda a sofrer numerosas críticas; os mais conservadores os acusavam de promover o "satanismo" e isso costumava alimentar reprovação de grande parte da opinião pública. No entanto, essas polêmicas só contribuíram mais para o sucesso que o Black Sabbath conquistou com sua grande audiência de jovens.
O maior sucesso do grupo foi o àlbum "Paranoid", que ganhou 7 discos de platina e 1 de ouro.
O vocalista Peter Steele fala assim do Black Sabbath:
 Na minha opinião, o Black Sabbath são aqueles que deram à luz o que, geralmente, consideram o heavy metal, e não há uma banda na atualidade que não teve influência, em qualquer medida, do grupo do Tony Iommi.

                        
Em 1979, devido à irreversível conflito com outros membros da banda, Osbourne foi despedido pela sua tendência para o abuso de drogas e álcool. Após a saída de Osbourne, o grupo não apresentou uma formação sólida, atingindo muitas vezes, o ponto de instabilidade e assolando vários músicos durante a sua próxima carreira.
Após a sua saída, ele foi substituído por Ronnie James Dio ex-vocalista das bandas Elf e Rainbow.
Após a saida de DIO, Tony Iommi conheceu Ian Gillan em um pub inglês,chamado "The Bear" em Woodstock.
Gillan, como o vocalista foi possível a realização de Born Again em 1983, álbum muito mais maciço do que os produzidos com Ozzy e Dio.
Esse àlbum, registrou um sucesso significativo de vendas e alcançou o quarto lugar nas classificações inglesas, colocando assim canções como Disturbing the Priest  e Zero the Hero ao menos para os fãs do álbum, no patamar de clássicos da banda.