SEGUIDORES

quinta-feira, 24 de março de 2011

TOP 10....TOP 100 *****

Cada vez que leio uma publicação especializada em guitarristas, e lá está o "Top 100" ou "Top 10",  vejo mudanças..
É obvio que deduzimos ser feita essas listas, por pessoas diferentes e com preferências diferentes.
Isso ocasiona em alguns músicos e admiradores de guitarristas, muita confusão e polêmica, pois estes, também tem suas preferências.
Então começa a discussão, a polêmica. Este é melhor que aquele.
 Deep Purple é com Ritchie  Blackmore, etc, etc.

Cada ser humano é único e tem suas características únicas.
Em 1970 o canal de televisão de Washington WNET, produziu um documentário sobre o ‘Melhor Guitarrista Desconhecido do Mundo’:
ROY BUCHANAN
VEJAMOS O CASO DE ROY BUCHANAN
RECUSOU CONVITES PARA TOCAR COM JOHN LENNON, THE ROLLING STONES, E ERIC CLAPTON.

  Sua técnica ‘pinch harmonic’ era uma forma de palhetar usando uma palheta, a ponta do dedão e o polegar ao mesmo tempo, suprimindo parcialmente o soar da nota, fazendo com que a guitarra “grite”. Atualmente o guitarrista mais conhecido por tocar com essa técnica é Zakk Wilde
Roy, . preferia alcançar as notas desejadas com "bends", que soava pegando fogo com seus harmônicos e que influenciou Jeff Beck, John Lennon e Eric Clapton Teve uma carreira que nunca – injustamente – ressoou aos ouvidos de todos.
Les Paul, criador da famosa guitarra Gibson, disse a respeito de Buchanan:
“Eu nunca havia ouvido algo como o que Buchanan fazia na época e isso despertou muito interesse em mim. Por exemplo, ele não tocava um arpejo do jeito que você aprende com o seu professor. Ele tinha sua própria maneira de fazer as coisas, tudo sempre de um jeito diferente. Não importava se palhetava ou se tocava com os dedos, ele era com certeza um guitarrista incomum”.


"Na minha modesta opinião, Top 10 - Top 100 não existe"!
Juma Durski